tren_atrasado.jpg
PDF Imprimir E-mail
Ter, 24 de Novembro de 2009 16:38

Títulos de Palestras, Oficinas ou Projetos Pedagógicos

Títulos de palestras para a formação continuada de professores:

 
 - O professor e a filosofia
A valorização do papel do professor está intimamente ligada ao cultivo de algumas atitudes: a postura reflexiva e crítica diante do conhecimento, da cultura e da sociedade; a cpacidade de dialogar sobre os conteúdos e problemas dos alunos; o desenvolvimento do espírito criativo e a percepção holística do processo educativo que permite articular conhecimentos de diferentes áreas na busca da solução dos problemas. Estas atitudes nascem e são alimentadas nas fontes da reflexão da filosofia, ou seja, da ética, da política, da estética, da epistemologia e da linguagem.

 

 - Papel e Valor Formativo da Filosofia na Educação Básica

Apresentar as contribuições da filosofia para a formação da criança, adolescentes e jovens e para a atividade docente de ensino-aprendizagem.
 - A Educação Filosófica de Crianças e Jovens
Objetivos, bases teóricas, metodologia, materiais e orientações práticas para o desenvolvimento da Educação Filosófica na Educação Básica. Foco específico para cada nível de educação: Filosofia na Educação Infantil, Filosofia no Ensino Fundamental I e II e Filosofia no Ensino Médio.
 
- Filosofia para Crianças e Educação para o Pensar
Apresenta as idéias de Matthew Lipman e seus colaboradores sobre Filosofia para Crianças: objetivos, história, bases teóricas, comunidade de investigação, concepção e habilidades de pensamento, metodologia, materiais didáticos, experiências desenvolvidas. Aborda também críticas sobre este paradigma de ensino de Filosofia. 
  
 - Educação para o Pensar
A educação para o “pensar bem” na aprendizagem de conteúdos e valores pode ser melhor desenvolvida quando os educadores dominam as concepções de pensar, compreendendo as dimensões, habilidades e competências cognitivas a serem observadas e praticadas nas atividades pedagógicas.
 
 - Filosofia e inter/transdisciplinaridade
Aborda a especificidade da filosofia e as possibilidades de trabalho articulado com as demais áreas do conhecimento.
 
 - As habilidades e competências de pensamento
Apresentação das habilidades de pensamento como recurso para promover uma educação para o “pensar bem” sobre os conteúdos escolares.
 
 - O filosofar e a mediação da aprendizagem
Atitudes e ferramentas filosóficas para o trabalho dos educadores.
 
 - A implantação de projeto de filosofia na escola
Fundamentar, planejar, desenvolver e avaliação o trabalho de filosofia na Escola.
 
 - Ética e Educação
A ética como uma dimensão ativa e inseparável do ser e do fazer dos educadores.
 
 - Problematizar o problema.
Estudar os aspectos da concepção de problema no processo de ensino-aprendizagem: o que é problema; tipologia de perguntas; relações entre perguntas e problemas; como estruturar a hipótese do problema; como conduzir uma investigação experimental; a argumentação dialógica; exposição do resultado da investigação; a dimensão subjetiva e sócio-cultural do problema.
 
 -  Investigações sobre a (des)construção conceitual.
Abordar concepções de conceito como eixo do trabalho pedagógico nas disciplinas curriculares. O conceito e suas linguagens. Habilidades de formação de conceito. A relação ensino-aprendizagem do conceito. Conceito e comunicação. Conceito e leitura. Conceito e experiência. A (des)construção conceitual. Conceitos e hábitos. Conceito e produção e expressão do significado (escrita e outras linguagens).
 
 - A Educação Moral através da Investigação Filosófica
Aprofundar os fundamentos teóricos e metodológicos da Educação Ética a partir da Educação para o Pensar. Compreender a importância do trabalho com ética na formação da conduta e proporcionar às crianças e jovens uma educação que os auxilie a pensar por si mesmos, de maneira reflexiva, crítica e criativa sobre os problemas da convivência humana.
 
 - Indisciplina:  limites ou oportunidades?
Um dos desafios diários dos educadores é a indisciplina na sala de aula que se expressa na forma falta de concentração nas atividades, desrespeito às regras, atitudes agressivas em relação aos colegas e professores chegando a formas mais grave de violência como bullying e outras formas de preconceito e discriminação. Argumenta-se que o problema é a falta de limites desde o berço. A palestra indica caminhos visando criar condições e oferecer oportunidades para a o aluno agir com liberdade e responsabilidade exercitando autonomia na condução de sua aprendizagem.
 
Metodologia:
Exposição do tema utilizando datashow. Diálogo com os participantes.
Possibilidade de atividades práticas em pequenos grupos, oficinas ou mini-curso.
 
Recursos necessários: datashow.
 
Carga horária: duas horas para palestras sem limite de público; 4 horas ou mais para oficinas com grupos de até 30 participantes.
 
Data e horários a combinar.
 
Investimento: a combinar
 
Público: Educadores da Educação Infantil e Ensino Fundamental. (professores, coordenador pedagógico, gestores e demais membros da equipe).
 
Ministrante: Professores pós-graduados e com experiência com a formação de professores na área de Filosofia e Educação.
 
Informações: www.philosletera.org.br
Fone: (41) 3323 3313 / 3016-7340.
e-mail:
Este endereço de e-mail está protegido contra SpamBots. Você precisa ter o JavaScript habilitado para vê-lo.